08/04/2020 10:49
Comida de conforto: aprenda receita de Pão de Coco
Aproveite o momento em casa para fazer essa receita caseira de pão de coco para a Páscoa

Um conceito gastronômico foi criado na década de 1970 para a reconhecer os efeitos emocionais que os alimentos propiciam. As comidas de conforto podem resgatar memórias, aliviar tensões, mudar o humor das pessoas e vêm sendo estudadas em universidades em pesquisas que analisam possíveis propriedades terapêuticas.

Ao contrário do que se possa imaginar, essas receitas não precisam de técnicas sofisticadas ou ingredientes caros. Um artigo do professor de Psicologia Experimental da Universidade de Oxford, Charles Spence, foi publicado no Jornal Internacional de Gastronomia e Ciências Alimentares (International Journal of Gastronomy and Food Science). Nele, o pesquisador explica que as comidas de conforto são relacionadas à infância ou a preparos caseiros de receitas tradicionais.

Na campanha Tudo em Casa, a chef do Restaurante Mayú, Didda Carneiro, explica o que é a Cozinha de afeto. O Mayú é reconhecido por seu cardápio criativo com experimentações contemporâneas e regionais.“Um prato de afeto te remete a um momento importante da sua vida e que você comeu naquele instante de felicidade”, diz ela no vídeo que integra a iniciativa da Fecomércio para ajudar as pessoas a atravessar o período de isolamento social. A plataforma hospeda dicas de nutricionista, consultora de gastronomia e receitas.

Professores dos departamentos de Medicina, Sociologia e Antropologia da Universidade do Alabama (EUA) conduziram uma pesquisa sobre comidas de conforto em que analisam a construção social de emoções em relação a esses alimentos. A pesquisa envolveu estudantes universitários e classificou as opções em quatro grupos: alimentos nostálgicos, de recompensa, de conveniência e de conforto físico.

No isolamento social é comum o aumento no nível de estresse e ansiedade, o que as pessoas podem tentar compensar na alimentação, mas a ingestão contínua de alimentos hipercalóricos não é recomendada por profissionais de saúde.

Há opções de comida de conforto saudáveis, que estão relacionadas às tradições alimentares regionais e podem ser preparadas em casa. No período da Páscoa, os cearenses sempre têm à mesa o pão de coco, variedade que nos meses de março e abril as padarias sempre incluem no cardápio. Confira a receita ensinada nos cursos de Gastronomia do Senac Ceará e faça você mesmo em casa.

Ingredientes

500 gramas de farinha de trigo sem fermento
150 gramas de coco seco ralado
10 gramas de fermento biológico seco
40 gramas de açúcar
9 gramas de sal
Ingredientes líquidos
50 gramas de manteiga derretida
125 ml de leite integral
125 ml de leite de coco
1 ovo

Preparo

Misturar primeiro todos os ingredientes secos, depois acrescentar os líquidos. Misturar a massa com as mãos até que esteja elástica. Deixar descansar por uma hora, até a massa dobrar de volume. Abrir a massa em formato de retângulo, arredondar as bordas para modelar o pão. Deixar descansar por mais 40 minutos, até dobrar de volume novamente. Pincelar ovo em cima da massa e polvilhar o coco tostado. Assar no forno a 180° por vinte minutos

Comentários


AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO