NOTICIAS | POLÍCIA

Polícia prende acusado de matar transexual cearense

Homem informou que matou Katarina porque ela não tinha troco para valor combinado do programa sexual
Postado em 16/02/2020 | 10:50

A Polícia Civil de São Paulo prendeu o homem acusado de matar a transexual fortalezense Katarina, de 22 anos, na região do Parque do Carmo, na capital paulista, na última quarta-feira (12).

O suspeito foi detido na sexta-feira (14). O carro dele foi reconhecido nas imagens das câmeras de segurança da Rua Mateus Mendes Pereira. Depois de um tempo parado, Katarina desce do veículo andando com dificuldade.

A princípio, o acusado negou a autoria do crime. No entanto, após algum tempo de interrogatório, ele confessou ter praticado o homicídio. Ele informou em depoimento que teria combinado um preço por um programa e Katarina não teria troco. Katarina, segundo o acusado, teria sacado uma faca, que foi tomada pelo acusado e utilizada para matar a transexual.

Na delegacia, o acusado foi reconhecido por testemunhas que estavam com Katarina quando ela foi abordada para realizar o programa.

O Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de São Paulo ainda busca pelo veículo onde Katarina foi morta. Segundo o acusado, o carro foi abandonado dentro de uma comunidade na região do Parque Carmo.

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO