NOTICIAS | POLÍCIA

Senegalês é preso ao tentar obter visto de residência

O homem declarou falsamente que mantinha casamento no Brasil
Postado em 06/11/2019 | 16:31

            

A Polícia Federal (PF), prendeu nesta terça-feira, (5), um homem, de 36 anos, natural do Senegal, em flagrante, por prestar declaração falsa durante os procedimentos de autorização de residência expedida pela Delegacia de Imigração – DELEMIG.

De acordo com a PF, durante entrevista para obtenção de residência com base em casamento, o homem declarou falsamente que mantinha casamento no Brasil. Policiais federais verificaram a documentação apresentada e, em seguida, realizaram diligências.

Constataram a falsidade do casamento que, se verdadeiro, permitiria que o estrangeiro obtivesse o registro de permanência no Brasil.

Na ocasião, policiais federais deram voz de prisão em flagrante pelo crime de falsidade ideológica, com pena de reclusão de um a cinco anos e multa.

Segundo as investigações o senegalês está no Brasil na condição de refugiado. Em depoimento declarou ser comerciante ambulante no interior do Ceará. 

Após o flagrante, o senegalês foi encaminhado à Superintendência Regional da Polícia Federal, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal.

Está é a sétima prisão por crime de falsidade ideológica realizada pela DELEMIG no Ceará em 2019. No dia 5 de junho, um guineense e uma cearense e no dia 11 do mesmo mês, um italiano e uma piauiense e no dia 18, um homem de Guiné-Bissau e uma brasileira também foram presos pelo mesmo delito.

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@GRUPOCIDADECE.COM.BR
SIGA O CNEWS
Facebook Google Plus Twitter Youtube Instagram
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO