NOTICIAS | POLÍCIA

Polícia faz buscas por suspeitos de matar caseiro

A sessão na Câmara Municipal foi interrompida após o homicídio
Postado em 10/09/2019 | 16:35
Foto: GMaps/Reprodução

Cerca de cinco pessoas são procuradas por suspeita de envolvimento na morte do caseiro João Gomes da Silva (57), em Baturité. A vítima trabalhava no sítio da família do vereador Gildo Barros e foi morta após um assalto na propriedade. A sessão na Câmara Municipal foi interrompida após a situação. 

De acordo com o delegado Joel Morais, que acompanha o caso, os familiares do parlamentar foram rendidos durante a invasão. João, por sua vez, decidiu reagir e foi morto no local. Os suspeitos fugiram com televisão, celular e aproximadamente R$ 900. "A Polícia Civil, a Militar e o Comando Tático Rural [Cotar] estão fazendo as buscas", contou. 

No momento do homicídio, a Câmara Municipal realizava sessão. Ao saber do crime, a presidente Simony Feitosa encerrou os trabalhos e lamentou o ocorrido. Veja: 

 

 
VEJA TAMBÉM
 
 
 
 

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA 2565
DIONÍSIO TORRES CEP: 60.170-002
FORTALEZA-CEARÁ | FONE: (85) 3198.8888
CNEWS@TVCIDADEFORTALEZA.COM.BR
SIGA O CNEWS
COMO ANUNCIAR
DESENVOLVIMENTO